EDUEPB

EDUEPB

Editora da Universidade Estadual da Paraíba

E-books

Cartas a Paulo Freire: escritas por quem ousa esperançar
A trilogia Cartas a Paulo Freire – Escritas por quem ousa esperançar, busca contribuir com discussões sobre a atualidade do pensamento de Freire, em linguagem acessível e plataformas abertas, e revelar a boniteza dos saberes, do pensamento e da ação dos que insistem em esperançar um presente sem as correntes do passado e sem medo do futuro.
Celso Furtado: a esperança militante
Celso Furtado (1920-2004) foi um dos mais importantes economistas e cientistas sociais brasileiros. Demonstrou, em sua obra, dentre outras questões, o que significa a relação inseparável entre o pensar e o agir, entre o rigor acadêmico e o engajamento político. A trilogia Celso Furtado – a esperança militante resgata e discute a atualidade do pensamento de Furtado para compreensão e enfrentamento da crise sistêmica que assola o tempo presente e compromete o futuro da humanidade e do planeta.
Selo Substractum
O selo Substractum publica livros autorais, coletâneas, séries, traduções, dentre outros gêneros, que resultem de estudos e investigações, individuais ou coletivas, e que enfrentem, de modo propositivo, inovador e dialógico, os desafios, as ameaças e as oportunidades da humanidade e o futuro da vida no mundo terra.
Coleção Caroá
Caroá, uma coleção de livros do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática, da Universidade Estadual da Paraíba (PPGECEM-UEPB), tem por objetivo publicar e divulgar resultados de pesquisas do próprio PPGECEM e de outros programas de pós-graduação com linhas de pesquisas semelhantes, tanto do Brasil quanto de outros países.
Lançamentos 2021
Selo Latus
Revistas Tertúlia

Publicações 2020

 

 

 


Publicações 2019

 

 

 

Publicações 2018

Outros Títulos

Um Convite à UtopiaUm Convite à Utopia


Relaciones de poder en la gestión comunitaria del água – El territorio y lo social como fuerzas
Organizadores: María Guadalupe Díaz Santos
ISBN: 978-85-7879-389-0
Ano de Publicação: 2018

El manejo del agua ha sido un reto en las distintas épocas de la historia, su complejidad recae en un expansivo crecimiento poblacional e industrial, lo que a su vez ha implicado problemas de contaminación, abastecimiento, sobreexplotación, calidad, entre otros. En este contexto se han conformado paralelamente diferentes tipos de administración, operación y solución, con sus respectivos enfoques, dando lugar a un entramado de instituciones, actores, técnicas, marcos normativos, programas, proyectos, políticas públicas, instrumentos culturales y demás herramientas para sobrellevar tal situación.


Contrarreforma, intelectuais e serviço social: as inflexões na política de saúde
Organizadores: Alessandra Ximenes da Silva, Mônica Barros da Nóbrega e Thaísa Simplício Carneiro Matias
ISBN: 978-85-7879-474-3
Ano de Publicação: 2018

O livro “Contrarreforma, Intelectuais e Serviço Social: as inflexões da política de saúde” é uma coletânea que reúne um conjunto abrangente de resultados de pesquisas e de ensaios sobre os processos de contrarreforma na política de saúde, a função dos intelectuais na defesa da Reforma Sanitária Brasileira na contemporaneidade, na perspectiva da resistência e consenso, sem perder de vista a difícil conjuntura de retrocessos. Trata também do Serviço Social enquanto intelectual coletivo nesse processo, destacando as inflexões advindas desta conjuntura e as formas de resistência. Nesse sentido, o fio condutor articula política de saúde, lutas sociais e Serviço Social.


O calçadão da Cardoso Vieira, seus personagens e sujeitos urbanos: uma leitura dos usos e apropriação do espaço público em Campina Grande (PB)
Autoria: Maria Jackeline Feitosa Carvalho & Patrícia Daniely Marques Cavalcante Santos
ISBN: 978-85-7879-483-5
Ano de Publicação: 2018

A presente obra visa apresentar e socializar pesquisa desenvolvida ao âmbito do Programa Institucional de Iniciação Científica( PIBIC) da Universidade Estadual da Paraíba ( UEPB) /CNPq que teve por objetivos, primeiro, analisar como o Calçadão se constitui em espaço público e, segundo, perceber de que maneira o uso deste espaço explica as transformações recentes do centro de Campina Grande. Nesse sentido, a referida proposta de pesquisa problematizou os contra usos (CERTEAU, 1994; 1996) existentes no Calçadão, onde a presença de determinados usuários e praticantes põe sob questionamento um conflito de uso neste território.


Trabalhadoras Domésticas – Trilhas de desigualdade e invisibilidade social
Autoria: Flávio Romero Guimarães
ISBN: 978-85-7879-464-4
Ano de Publicação: 2017

A interdisciplinaridade pode, a princípio, ser abordada de duas maneiras. A primeira, pelo trabalho intenso em uma área do conhecimento, cujo empenho sobre certas questões pontuais geram articulações com outras disciplinas ou temas. Em outras palavras, a especialização, paradoxalmente, induz a interlocução, tendo em vista que a natureza da pesquisa científica consiste em não se esgotar, mas, ao contrário, na capacidade de ampliar horizontes sobre os mesmos problemas. O segundo modo possível de se construir uma análise interdisciplinar diz respeito à articulação de várias frentes de conhecimento sobre uma temática proposta.


Estágio Supervisionado na Formação Docente
Organizador: Dalila Regina Mota de Melo
ISBN: 978-85-7879-465-1
Ano de Publicação: 2017

O Estágio Supervisionado é um momento significativo na formação docente, pois a partir desta prática o aluno passa pela experiência mais importante de sua vida acadêmica: entra em contato direto com sua futura profissão.
A ideia de escrever este livro surgiu devido a pouca disponibilidade de publicações que falem de Estágio Supervisionado na formação docente, principalmente na área das Ciências Agrárias. Nossa intenção é auxiliar os futuros docentes no processo de sua formação profissional, falando sobre as definições gerais e importância do Estágio Supervisionado para formação docente; a prática de Estágio Supervisionado na formação docente do Licenciado em Ciências Agrárias e suas contribuições para a prática pedagógica do professor; o Estágio Supervisionado no Projeto Político Pedagógico do curso de graduação; Estágio Supervisionado em Ciências Agrárias: desafios e estratégias para a articulação entre formação e exercício profissional; Estágios de Ensino: suas limitações e dificuldade; Lições Aprendidas na vivência do Estágio (Observação e Intervenção) e compartilhar experiências vivenciadas durante o Estágio Supervisionado no ensino fundamental e médio.


Teologia Do Riso
Organizadores: Salma Ferraz, Antonio Carlos de Melo Magalhães, Raphael Novaresi Leopoldo, Patrícia Leonor Martis e Eli Brandão da Silva
ISBN: 978-85-7879-410-1
Ano de Publicação: 2017

O riso e o humor nas narrativas bíblicas do judaísmo e do cristianismo nascem e se expandem em forma literária, conhecendo diferentes estilos, temas, narrativas, negando, assim, a ideia de que religião vive somente em torno de doutrinas e dogmas. A existência da religião em forma literária significa também a existência de uma literatura em formas teológicas de grande criatividade e heterodoxia, sendo uma de suas expressões o riso e o humor. Os deuses riem e as tradições fizeram do riso e do humor dois dos seus mais importantes artifícios e recursos, e isso com consequências profundas para a forma como a divindade é interpretada pelos seus seguidores. Não somente os deuses riem, mas seus seguidores riem deles e riem de si mesmos, escrevendo, dessa forma, páginas muitas vezes esquecidas pela crítica literária e pelos estudos da religião.


A gestão pública municipal: múltiplas abordagens
Organizadores: José Irivaldo Alves O. Silva & Luiz Antônio Coêlho da Silva
ISBN: 978-85-7879-362-3
Ano de Publicação: 2017

A presente coletânea de estudos apresenta de forma panorâmica a gestão pública municipal no cariri paraibano, dando uma importante contribuição para diversas áreas do conhecimento que se incorporam na compreensão da Gestão Pública, tais como: o direito, a sociologia, a ciência política, a administração, a economia, a gestão ambiental e a contabilidade. Isso é fantástico, na medida em que possuímos um vácuo na produção de estudos municipalistas focados na gestão pública.
Torna-se a partir de agora numa fonte obrigatória para reconhecer como funciona os diversos aspectos da gestão pública municipal, podendo ter desdobramentos em diversos projetos e parcerias, como o projeto UniverCidade da Universidade Estadual da Paraíba, que busca mobilizar um conjunto de ações para melhorar os indicadores municipais.


Campo de Pública: Políticas Públicas – Volume 1
Organizadores: José Maria Pereira da Nóbrega Júnior & Edjane E. Dias da Silva
ISBN: 978-85-7879-364-7
Ano de Publicação: 2017

Tendo início há dois anos, o Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP), Campus de Sousa, Universidade Federal de Campina Grande, temos a honra de apresentar à sociedade o resultado da produção docente e discente em capítulos deste livro.
O empreendimento árduo de nossos docentes e colaboradores demonstra o nível de comprometimento o qual só se dá com força de vontade, voluntarismo e espírito de equipe.
Organizar uma obra no Campo de Públicas não é tarefa das mais triviais, as expertises variadas, os diversos métodos utilizados e as compreensões de mundo de um grupo diverso podem atrapalhar. Mas, no caso dos professores e colaboradores aqui envolvidos, foi um trunfo a mais na composição do livro em tela.


Constituição e Normas gerais de Direito Tributário aplicadas ao Município – Curso Avançado de Direito Tributário Municipal – Volume 1
Organização: Arthur Cesar de Moura Pereira e Paulo Medeiros da Costa Silva
ISBN: 978-85-7879-307-4
Ano de Publicação: 2016

O presente estudo pretende revelar, diante da forma de Estado alvitrada pela Constituição de 1988, qual posição os Municípios ocupam dentro do federalismo brasileiro. Para tanto, será analisada a formação dos Estados Modernos e, em seguida, será indicada a conceituação das mencionadas entidades. Além disso, bem como serão observadas as diferentes formas de Estado, ou seja, as distintas maneiras sob as quais um Estado aparelha o poder político dentro do seu território. Umas das formas de Estado existentes é o Estado Federal. Esse modelo de organização estatal tem imensa relevância no desenvolvimento deste trabalho, já que a Carta Constitucional brasileira de 1988 adota a federação para assentar sua organização político-administrativa.


Impostos Municipais – Curso Avançado de Direito Tributário Municipal – Volume 2
Organização: Arthur Cesar de Moura Pereira e Paulo Medeiros da Costa Silva
ISBN: 978-85-7879-307-4
Ano de Publicação: 2016

O atual sistema tributário nacional encontra-se detalhadamente inserido na Constituição Federal de 1988, que traz em seu corpo, dentre outras matérias tributárias, a repartição da competência tributária, os limites ao poder de tributar, as regras -matrizes de incidência e as espécies de tributos. A competência tributária está intimamente ligada à autonomia política dos entes federados. A forma de Estado federal impõe autonomia administrativa e financeira dos entes que o compõem. Cada ente federado possui, dentro da capacidade política que lhe foi constitucionalmente conferida, autonomia para legislar sobre os tributos inseridos na sua competência tributária específica, expressamente distribuída na Constituição Federal. Para Bastos (1998, p. 125), a competência tributária “[…] é a faculdade atribuída pela Constituição às pessoas de direito público com capacidade política para criar tributos”.


Demais tributos municipais, fundo de participação, crimes contra a ordem tributária e Simples Nacional – Curso Avançado de Direito Tributário Municipal – Volume 3
Organização: Arthur Cesar de Moura Pereira e Paulo Medeiros da Costa Silva
ISBN: 978-85-7879-307-4
Ano de Publicação: 2016

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 plasmou, nos arts. 145 a 162, o Sistema Tributário Nacional. O primeiro dispositivo do Sistema Tributário Constitucional (art. 145) previu que os entes federados poderiam instituir, através da competência concorrente, impostos, taxas e contribuição de melhoria. Percebe-se que, inicialmente, a Constituição ratificou a divisão dos tributos de acordo com a escola tricotômica, também prevista no Código Tributário Nacional – datado de 1966. Todavia, num segundo momento, inovou no ordenamento jurídico pátrio concedendo à União a competência tributária para, além de instituir os seus impostos, taxas e contribuições de melhoria, instituir, mediante lei complementar, uma nova espécie de tributo, no art. 147, que foram os empréstimos compulsórios para atender a despesas extraordinárias decorrentes de calamidade pública, de guerra externa ou sua iminência; ou no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional.


Gêneros do discurso como forma de produção de significados em aulas de Matemática
Autoria: José Joelson Pimentel de Almeida
ISBN: 978-85-7879-291-6
Ano de Publicação: 2016

O livro é o resultado da tese de doutoramento de José Joelson, defendida no Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (PPGEFHC), programa conjunto da Universidade Federal da Bahia e da Universidade Estadual de Feira de Santana. A possibilidade
de realização desta tese decorreu de oportunidades criadas pela Universidade Estadual da Paraíba quando, em 2006, a então Reitora, Profa. Marlene Alves, e sua Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Marcionila Fernandes, resolveram lançar um programa de crescimento acelerado da pesquisa e da pós-graduação nesta universidade, visando superar o atraso histórico desta instituição neste terreno. Os resultados positivos desta campanha são bem conhecidos da comunidade da UEPB e de pesquisadores e educadores de todo o país. Nos marcos deste programa, o PPGEFHC contribuiu ativamente realizando atividades variadas, dentre as quais a organização de um curso de Mestrado em Ensino de Física e Matemática, aprovado pela CAPES em 2007, e a oferta na UEPB de uma turma de Doutorado do PPGEFHC, na forma de um DINTER (Doutorado Interinstitucional) a qual teve início em 2008.


A tradição da civilidade nos livros de leitura no Império e na Primeira República
Autoria: Fabiana Sena
ISBN: 978-85-7879-397-5
Ano de Publicação: 2017

A tradição da civilidade nos livros de leitura no Império e na Primeira República é um trabalho acadêmico que combina a história da educação no Brasil e na Paraíba com a história da leitura, através dos compêndios antigos que, publicados em um século, perduram em outro. Estes objetos, os livros de leitura, objeto deste livro, unem séculos diversos, sistemas políticos antagônicos, pela tradição. Também combina uma gama variada de fontes: os documentos oficiais e os periódicos. O resultado não poderia ser melhor!


Heróis de uma Revolução Anunciada ou aventureiros de um tempo perdido? A atuação das organizações de esquerda em Campina Grande – 1968/1972
Autoria: Gilbergue Santos
ISBN: 978-85-7879-245-9
Ano de Publicação: 2015

Após ter atuado por quase quinze anos em duas organizações “de esquerda”, na cidade de Campina Grande, comecei a sentir a necessidade de avaliar essa minha participação. Devo salientar que meu afastamento ocorreu por achar que as formas de atuação e estruturação, bem como aspectos teóricos e filosóficos dessas organizações, tornaram-se anacrônicos a partir da primeira metade da década de 1990, tendo em vista as mudanças ocorridas no leste europeu e o fim da guerra fria. Junto a essa necessidade individual, a perspectiva de uma análise sobre a própria esquerda brasileira logo se fez presente. Em seguida, a possibilidade de realizar essa análise no âmbito de uma pesquisa acadêmica tornou-se plausível.


Água e Democracia na América Latina Coleção Perspectivas Transmetodológicas da Comunicação
Autoria: José Esteban Castro
ISBN: 978-85-7879-228-2
Ano de Publicação: 2016

Como o título indica, o eixo central dos trabalhos é o processo de democratização na América Latina, um tema que abordo desde a perspectiva da ecologia política, colocando a ênfase nos temas da política e a gestão da água e dos serviços essenciais baseados no uso da água. Pode-se dizer que os trabalhos abordam o tema da política da água como um ponto de observação privilegiado para examinar os avanços e retrocessos do processo de democratização na região, com foco nos processos de construção da cidadania substantiva. Neste sentido, um tema norteador dos trabalhos são os obstáculos e as ameaças ao processo democratizador. Entre estes obstáculos e ameaças destacam-se os ataques as formas de propriedade e de gestão comunitárias e públicas dos elementos da natureza, a água incluída, por parte das políticas neoliberais introduzidas na região desde a década de 1980.


Ambiências Comunicacionais e vivências midiáticas digitais de internautas em telecentros de acesso público Coleção Perspectivas Transmetodológicas da Comunicação
Autoria: Juciano de Sousa Lacerda
ISBN: 978-85-7879-344-9
Ano de Publicação: 2016

Nesta investigação, navegamos sob as intempéries de um duplo desafio epistemológico enfrentado pelo campo da comunicação: a constante mobilidade do objeto empírico e os modismos teórico-conceituais. Na dissertação de mestrado, abordamos a produção de sentido e os vínculos construídos por uma rede de comunicadores populares, jornalistas e relações públicas no ambiente digital, tomando como materialidade empírica as trocas de mensagens por e-mail em uma lista de discussão na internet, a Comunicalist@ (LACERDA, 2003, p. 2004b). A mobilidade do objeto empírico se mostrou na descoberta de outras formas de comunicação digitais (MSN, Orkut, blogs, messengers diversos), mas a preocupação migrou para um lugar em que essas formas de comunicar se tornavam acessíveis para populações antes não atendidas por ações sociais significativas. Esse lugar tinha vários nomes, entre eles, o de telecentro.


Antropologia da Comunicação de massa – Coleção PARADIGMAS DA COMUNICAÇÃO
Organização: Isabel Travancas e Silvia Garcia Nogueira
ISBN: 978-85-7879-263-3
Ano de Publicação: 2016

Há mais de dez anos, quando começaram a surgir os primeiros Grupos de Trabalho ou Seminários Temáticos sobre Comunicação de Massa nos Congressos da área de Ciências Sociais, mais especialmente na Antropologia, não se poderia imaginar o quanto esse campo iria crescer e ser uma presença nos eventos futuros. E é um pouco sobre essa história que gostaríamos de falar.


Campina Grande hoje e amanhã – 1ª edição
Organização: Antonio Guedes Rangel Junior e Cidoval Morais de Sousa
ISBN: 978-85-7879-170-4
Ano de Publicação: 2014

Os textos articulados no presente eBook fazem parte de um projeto editorial mais amplo que visa, em linhas gerais, contribuir para a construção de um Fórum Permanente de Discussões
sobre questões críticas para o desenvolvimento dos municípios paraibanos. Campina Grande, hoje e amanhã é o primeiro volume dessa série e tem como fonte de motivação as comemorações dos 150 anos de emancipação política do município. Mais do que uma homenagem à chamada Rainha da Borborema, esta coletânea, heterogênea em sua composição autoral, teórica e ideológica, busca, de um lado, enfrentar mitos (como o da vocação para ser grande, por exemplo) e, de outro, apresentar um conjunto de reflexões, preocupações e contribuições sobre temas que vão da infraestrutura, passam pelo trabalho, discutem o abastecimento e a mobilidade urbana, e não deixam de fora a questão da arte e da cultura

Campina Grande hoje e amanhã – 2ª edição
Organização: Antonio Guedes Rangel Junior e Cidoval Morais de Sousa
ISBN: 978-85-7879-170-4
Ano de Publicação: 2014

O processo de articulação e organização da obra teve como ponto de partida uma convocação pública a autores acadêmicos e não acadêmicos (jornalistas, escritores, pesquisadores, gestores, intelectuais, artistas, políticos, dentre outros) de diferentes áreas, para a produção de textos com reflexões sobre o presente e o futuro da cidade. Propositalmente, não se fez referência, no documento de convocação, se os autores interessados e convidados a escrever poderiam ou não discorrer sobre o passado. Para os organizadores pareceu evidente que em qualquer discussão sobre Campina Grande (ou outro município), a dimensão histórico-contextual é imperativa. O que se buscou enfatizar, na ‘provocação’, foi que não se perdesse de vista os desafios do tempo presente e suas implicações para o planejamento do futuro, próximo ou distante.


Climatologia aplicada à Geografia
Autoria: Maria Simone Marinho Nogueira
ISBN: 978-85-7879-316-6
Ano de Publicação: 2016

A importância crescente do estudo do clima e da sua aplicação em diferentes áreas do saber fez da Meteorologia uma ciência indispensável na formação acadêmica de várias áreas científicas e, em especial, a de Geografia (Licenciatura e Bacharelado).
A existência de outros livros textos de Meteorologia e/ ou de Climatologia recomendados para outras áreas científicas não elimina a necessidade deste, porque, na sua maioria, exige conhecimento da Física e Matemática que nem sempre é do domínio do estudante de Geografia.


Contemplatio – Ensaios de filosofia medieval
Organização: Maria Simone Marinho Nogueira
ISBN: 978-85-7879-173-5
Ano de Publicação: 2013

Contemplatio: contemplação, exame aprofundado, consideração, ação de ver, ato de observar atentamente. Contemplação (etimologicamente) significa visão, logo, o termo contemplatio, escolhido para o título desta coletânea, deve ser compreendido no seu sentido mais lato e com todas as nuances que comporta. Aqui se oferece uma visão (nove visões) da Filosofia Medieval e, deste modo, todos os textos são o resultado de um exame aprofundado dos seus autores que, com uma serena consideração, foram capazes de contemplar a sabedoria dos filósofos aqui estudados. Além disso, a contemplatio dos estudiosos só estará plenamente realizada com a contemplatio dos leitores, pois a ação de ver, neste caso, exige uma reciprocidade.


Cultivo de girassol para a apicultura, forragem e produção de óleo
Autoria: Gisele Lopes dos Santos, Kássio Alves Dantas, Lisiane Lucena Bezerra, Nair Helena Castro Arriel, Amanda Micheline Amador de Lucena e Josemir Moura Maia
ISBN: 978-85-7879-218-3
Ano de Publicação: 2014

O Girassol é uma planta oleaginosa onde é encontrado um dos óleos vegetais de melhor qualidade nutricional e organoléptica. Gradualmente, tem sido difundida em várias regiões do Brasil por sua fácil adaptação aos diversos ambientes. Apresenta ainda qualidades excepcionais como: a. produção de grãos competitiva, mesmo sob condições adversas; b. possui grande potencial de produção de óleo, que pode ser destinado à indústria alimentícia e/ou de combustíveis; c. é fonte de proteínas para a alimentação de abelhas; d. sua biomassa vegetal, bem como a torta de grãos pode ser utilizada para ração animal.


Curso de Direitos Fundamentais
Autoria: Lourivaldo da Conceição
ISBN: 978-85-7879-345-6
Ano de Publicação: 2016

A disciplina DIREITO CONSTITUCIONAL é ministrada, geralmente, em dois períodos – Direito Constitucional I, no segundo semestre do 1º Ano, e Direito Constitucional II, no primeiro semestre do 2º Ano.
Em Direito Constitucional I, o professor dedica-se inteiramente à Teoria da Constituição, conjunto de noções que nos vieram da Alemanha, através de autores alemães traduzidos para português, como ALEXY, ou através de autores espanhois e portugueses – como JORGE MIRANDA e CANOTILHO, ou ainda através de professores brasileiros que estudaram na Alemanha, como SARLET e GILMAR MENDES (as citações são simplesmente exemplificativas). Já em Direito Constitucional II, o professor fica no seguinte dilema: ou dedica o tempo ao estudo do estatuto do Poder (do art. 18 em diante) ou estuda os direitos fundamentais (do art. 5º ao art. 17)


Direitos Sociais – O Artigo 6º da Constituição Federal e sua efetividade
Organização: Clésia Oliveira Pachú
ISBN: 978-85-7879-262-6
Ano de Publicação: 2015

O aprofundamento da pesquisa de políticas públicas perpassa por um ambiente acadêmico e científico em que se revela verdadeiramente o papel da universidade perante uma sociedade, no sentido de não somente criar o ambiente favorável à pesquisa e ao aprofundamento do estudo, em diferentes níveis de desenvolvimento, mas também formar profissionais que tenham uma visão mais ampla da convicção de que necessitam de uma maior interação institucional, seja de natureza executiva ou social, para firmarem a vontade de implementarem uma sociedade agregadora, através da concretização da políticas públicas.


Doze Lições de Fato e de Direito – Uma Coletânea da Revista Jurídica da Universidade do Sul de Santa Catarina
Organização: Rosangela Tremel, Virginia Lopes Rosa e Zacaria Alexandre Nassar
ISBN: 978-85-7879-430-9
Ano de Publicação: 2017

E-book intitulado Doze Lições De Fato e De Direito – uma coletânea da Revista Jurídica da Universidade do Sul de Santa Catarina, reúne uma dúzia de artigos publicados ao longo da existência do periódico em suas edições semestrais. A diversidade das letras jurídicas estampada pelos espaços do Direito no E-book Doze Lições De Fato e De Direito é a própria tradução da UNISUL e sua estrutura de Universidade Comunitária e da EDUEPB na condição de Editora Universitária com função social inequívoca. A união, parceria e cooperação que ora acontece e exige desenvolvimento, entre a UNISUL e a EDUEPB, somente pode receber o significado de contributo inconteste ao pensamento acadêmico e científico brasileiros.


Dramaturgia, teatro e outros diálogos (inter)culturais – Série Literatura & Interculturalidade
Organização: Diógenes André Vieira Maciel
ISBN: 978-85-7879-354-8
Ano de Publicação: 2016

O livro que entregamos ao leitor é parte dos resultados das pesquisas integradas que vimos realizando nos últimos quatro anos junto ao Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade, da Universidade Estadual da Paraíba. Sendo uma obra coletiva, é formada por diferentes reflexões, experiências de pesquisa, olhares, modos de empreender a atividade analítica e crítica mediante os resultados sistematizados. Neste sentido, o binômio dramaturgia-teatro flerta com a teoria, com a historiografia, com o estudo de caso e expõe maneiras de observar fenômenos estéticos sob diversas possibilidades de diálogos.


Facebook and education – Post, like & share
Organização: Alexandre Chagas, Cristiane Porto e Edméa Santos
ISBN: 978-85-7879-313-5
Ano de Publicação: 2016

This book is a luso-brazilian collective product of professorsresearchers and students-researchers that act in Postgraduation Programs in Brazil and Portugal. The work had its origin on a context of interinstitutional cooperation among the Rio de Janeiro State University, Tiradentes University and Federal University of Bahia that were contemplated by Promob Program, with financial resources of CAPES/FAPITEC/SE Issuance N 06/2012. The main project’s goal was to comprehend how the digital technologies ubiquitous mobility, can contribute for professors formation and the diverse educational practices development since, on cyberculture we face with various educational and cultural phenomena on manifestation.


Gênero, participação política e novas sociabilidades da juventude
Autoria: Idalina Maria Freitas Lima Santiago, Josilene Barbosa do Nascimento e Orlandil de Lima Moreira
ISBN: 978-85-7879-348-7
Ano de Publicação: 2016

O texto aqui apresentado traz resultados de investigação realizada com o projeto de pesquisa “Gênero, Participação Política e Novas Sociabilidades da Juventude no Poder Local”, financiado pelo Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Pesquisa da UEPB (PROPESQ/UEPB – Edital 01/2008) e pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica/ CNPq, o qual se propôs a analisar o protagonismo dos/as jovens, numa perspectiva de gênero, através de suas inserções nos espaços de participação institucionalizados, assim como nos espaços organizados e desenvolvidos no âmbito da sociedade civil. A partir da verificação da existência de políticas públicas desenvolvidas para a juventude pelo poder local da cidade de Guarabira/PB, buscou-se compreender os limites e as possibilidades da participação da juventude nas políticas públicas, assim como suas novas formas de expressão política na sociedade.


Gestão Sustentável dos Recursos Naturais – Uma abordagem Participativa
Organização: Waleska Silveira Lira e Gesinaldo Ataíde Cândido
ISBN: 978-85-7879-141-4
Ano de Publicação: 2013

O livro Gestão Sustentável dos Recursos Naturais: uma abordagem participativa é resultado de um trabalho em conjunto com professores e alunos do Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Universidade Federal da Paraíba, do grupo de Pesquisa em Gestão do Conhecimento e Sustentabilidade –GECIS e do Grupo de Pesquisa em Estudos em Gestão, Inovação e Tecnologia- GEGIT.
O livro mostra a importância do gerenciamento dos recursos de uso comum com a participação efetiva dos diversos atores sociais em cada etapa do processo de tomada de decisão. As temáticas apresentadas estão divididas em 15 capítulos que se complementam.


Gilberto Freyre e José Links do Rego: diálogos do senhor da casa-grande com o menino de engenho
Autoria: Cauby Dantas
ISBN: 978-85-7879-248-0
Ano de Publicação: 2015

A escrita de um texto, seja com que pretensões forem, é sempre não só um grande desafio, mas uma janela que se abre para descobertas. O texto escrito por Cauby Dantas, que passo a partir de agora a ter o prazer de apresentar é, para mim, e espero que o seja igualmente para o leitor, uma grande descoberta, cercada de inusitados pontilhados que costuram um rendilhado, que até certo ponto poderia, num primeiro momento, parecer confuso ou mesmo desconectado.
O presente livro é resultado de sua dissertação de mestrado, embora não seja uma reprodução da mesma, defendida no ano de 2005, junto ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Campina Grande, atual Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, intitulada “Diálogos do Senhor da Casa Grande com o Menino de Engenho: Interseção Sociologia-Literatura em Gilberto Freyre e José Lins do Rego”, que tive o prazer de orientar.


Hermilo Borba Filho – Memória de resistência e resistência da História – Série Literatura & Interculturalidade
Autoria: Geralda Medeiros Nóbrega
ISBN: 978-85-7879-287-9
Ano de Publicação: 2015

Hermilo Borba Filho: memória de resistência e resistência da história merece ser saudado com muitos vivas, pois sua pertinência às relações entre literatura e interculturalidade, objeto desta Coleção, dá-se em muitas frentes.
Três grandes premissas estruturam este livro, todas pensadas numa perspectiva intercultural: 1. as culturas populares e seus produtos são modos de resistência às hegemonias culturais dos grupos dominantes; 2. a memória dos pobres e oprimidos é resistente porque é potência e produtividade, inclusive quebrando as hierarquias que tendem a privilegiar as produções culturais de elite; 3. nenhuma produção de linguagem se dá sem estabelecer constante relações de diálogo, entre sistemas, classes e grupos.


Histórias e Memórias da Comunicação Institucional e Publicitária
Organização: Maria Angela Pavan, Flavi Ferreira Lisbôa Filho e Ana Luiza Coiro Moraes
ISBN: 978-85-7879-368-5
Ano de Publicação: 2017

Este e-book vincula-se à Alcar, Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia, e sua missão de fomentar estudos avançados, de caráter interdisciplinar, sobre os processos históricos da Comunicação. Anualmente, em parceria com Instituições de Ensino Superior, são promovidos encontros, regionais ou nacional, para oportunizar a convergência dos que se interessam em socializar e discutir resultados de pesquisas. Um dos desdobramentos desses eventos é a publicação dos textos sob a forma de anais no site da associação.


Imaginário da Serpente de A a Z – Série Literatura & Interculturalidade
Autoria: Maria Goretti Ribeiro
ISBN: 978-85-7879-373-9
Ano de Publicação: 2017

As serpentes sempre suscitaram um rico e variado repertório de mitos e lendas desde tempos imemoriais. Associadas, simultaneamente, ao Cosmo e ao Caos, ao mundo celeste e infernal, ao bem e ao mal, representam um dos maiores enigmas da relação simbólica da natureza animal com o humano. O sentido dessa relação só pode ser compreendido através de uma imersão nas representações do seu imaginário nas artes, nas culturas e nas religiões que congregam fantasias, realidades e crenças construídas a partir das experiências que os homens acumularam desde o convívio com répteis pré-históricos gigantescos e ameaçadores até hoje.


Interculturalidade, linguagens e formação de professores – Coleção Ensino & Aprendizagem – Volume 2
Organização: Fábio Marques de Souza e Simone Dália de Gusmão Aranha
ISBN: 978-85-7879-347-0
Ano de Publicação: 2016

No segundo volume da Coleção Ensino & Aprendizagem, várias perspectivas de estudos direcionados à prática pedagógica entram em cena. Sobre o aprendizado das línguas em uso e trocas culturais em contextos multilíngues ou bilíngues existentes nas fronteiras, nos deparamos com o capítulo de Laura Janaina Dias Amato (UNILA/PPGIELA), Interculturalidade e língua: uma experiência em uma escola municipal de Foz do Iguaçu-PR. A partir da análise de excertos da biografia de Rigoberta Menchú, intitulada Me llamo Rigoberta Menchú y así me nació la conciencia, Sandra Leite dos Santos (PG-UFMT/PPGEL) e Fernando ZolinVesz (UFMT/ PPGEL) discorrem sobre a constituição do espanhol como dispositivo de exclusão social, além do estabelecimento das relações de poder por meio do (não) conhecimento da língua no contexto da Guatemala.


Introduction to exact control theory. Method hum
Autoria: Luis Adauto Medeiros, Manuel Milla Miranda e Aldo Trajano Lourêdo
ISBN: 978-85-7879-177-4
Ano de Publicação: 2013

This book presents some results concerning existence of solutions and exact controllability for the wave equation in domains cylindrical and non cylindrical. There is one chapter dedicated to the Timoshenko system.
It is opportune to register that it is employed in the Pos Graduate Courses of “Instituto de Matemática – UFRJ.”
We acknowledge Professor Ivo Fernandez Lopes for reading the previous manuscrypt and by his constructive remarks. We also register our thanks the Editor da Universidade Estadual da Paraíba,” for the inclusion of this book in the collection of its publications.


Jornadas de junho: repercussões e leituras
Autoria: Cidoval Morais de Sousa e Arão Azevêdo de Souza
ISBN: 978-85-7879-172-8
Ano de Publicação: 2013

A presente coletânea torna público um conjunto de leituras livres sobre os fatos midiatizados como Jornadas de Junho, que marcaram o segundo semestre de 2013 em dezenas de cidades brasileiras, começando por São Paulo. A obra está fortemente influenciada por outra (Cidades Rebeldes) publicada no calor dos acontecimentos, pela Editora Boi Tempo em parceria com Carta Capital, em versão impressa e eletrônica, e como parte da coleção Tinta Vermelha, que tem por meta a publicação de livros de intervenção e teorização sobre os acontecimentos atuais.
Foi, na oportunidade, o primeiro esforço de articulação e organização de um conjunto de leituras e olhares, envolvendo autores nacionais e estrangeiros em temas que vão da questão urbana, passando pela mídia e a democracia. No nosso caso, mesmo não perdendo de vista os contextos nacional e internacional, buscamos olhar mais fortemente para as manifestações registradas na Paraíba.


Literatura de multidão e intermidialidade – Ensaios sobre ler e escrever o presente – Série Literatura & Interculturalidade
Autoria: Luciano Barbosa Justino
ISBN: 978-85-7879-240-4
Ano de Publicação: 2015

Este livro perfaz 2 movimentos, 2 estratégias de leitura, a da intermidialidade e a da literatura de multidão. A fronteira entre elas é tênue e provisória. O que as separa é um filtro, que tanto deixa passar quanto retém.
É um livro de crítica, um exercício de experimentação crítica que propõe um olhar transversal sobre as obras, com a finalidade de compreendê-las por aquilo que nelas remete para as formas de vida, para os espaços de produção simbólica e de sua logística de circulação e consumo. É um livro de crítica porque não negligencio 100 anos de poética literária, 100 anos de métodos e pesquisas em nome de conteúdos que, por não observando os muitos movimentos de sentido que as obras perfazem, tornam-se conteúdos-clichês, por mais bela que seja a causa, o projeto, a demanda.


Literatura e os rastros do sagrado
Autoria: Antônio Carlos de Melo Magalhães e Eli Brandão da Silva
ISBN: 978-85-7879-411-8
Ano de Publicação: 2017

A pesquisa sobre literatura, religião e filosofia tem crescido significativamente nos últimos anos no Brasil, desembocando em teses, dissertações, artigos e livro. A presente coletânea se insere nesse debate e expressa resultados do Grupo de Pesquisa UEPB/CNPq Litterasofia. Hermenêutica Literária em Diálogo com a Filosofia e a Teologia, e de outros pesquisadores convidados para a publicação.


Mais (+) Cultura (s) – Estudos sobre telenovela, comunicação, culturas populares e sociedade – Coleção Perspectivas Transmetodológicas da Comunicação
Autoria: Jorge A. González
ISBN: 978-85-7879-387-6
Ano de Publicação: 2017

Este livro contém uma seleção de trabalhos elaborados e pensados de maneira global, ainda que terminados de maneira unitária. No global, obedecem a um plano de trabalho pessoal, de tipo teórico e metodológico, que tem como ponto de partida a saborosa experiência de discussão do Encontro Nacional Sociedade e Culturas Populares, realizado na Universidad Autónoma Metropolitana, campus Xochimilco (UAM-X), em julho de 1982; e, posteriormente, a mesa ad hoc sobre culturas populares dentro do X Congresso Mundial de Sociologia, organizado pela International Sociological Association, também na Cidade do México, em agosto do mesmo ano


Michel Foucault – crítico-esteta-cínico mitigado
Autoria: Jorge Alberto Rocha
ISBN: 978-85-7879-184-1
Ano de Publicação: 2014

A obra de Foucault, ele mesmo o pressente, contém um pensamento que já não caberia mais, apenas, no presente do tempo, que dependeria, fundamentalmente, do futuro de suas interpretações. A ontologia do presente é, de fato, a instrumentação crítica, a preparação prática de um presente que virá (a começar pelo da própria obra).
Mas por onde começá-las, tais interpretações futurosas?


Múltiplos Olhares para a Formação de Professores de Línguas Estrangeiras/Adicionais
Organização: Daniela Gomes de Araújo Nóbrega
ISBN: 978-85-7879-319-7
Ano de Publicação: 2016

Este ebook apresenta trabalhos acadêmicos inseridos na grande área Formação de Professores da Educação Básica. Portanto, a leitura desta obra possibilita a ampliação da nossa compreensão sobre os fenômenos de ensino e aprendizagem de línguas, e está centrada na descrição e contribuições teóricas da Pragmática da Sociolinguística Internacional e do Interacionismo Sócio-Discursivo. Direcionado para futuros professores e professores em exercício da Educação Básica, este livro é o início de uma conversa que não tem fim. Tendo como cenário de investigação as salas de aula de distintas disciplinas (Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Ensino a Distância, História e Ensino Infantil), esta obra apresenta pesquisas que trazem à tona questões do ensino e aprendizagem destas disciplinas e em como estas reflexões podem nos orientar para “fazermos a nossa parte” nas nossas aulas.


Múltiplos Olhares para a Formação de Professores de Línguas Estrangeiras/Adicionais
Organização: Daniela Gomes de Araújo Nóbrega
ISBN: 978-85-7879-318-0
Ano de Publicação: 2016

Os estudos relatados neste volume, Múltiplos Olhares para a Formação de Professores de Línguas Estrangeiras/Adicionais, refletem as preocupações e interesses de pesquisa da área. São artigos, furtos de trabalhos de investigação desenvolvidos em contextos de formação docente na Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, que integram o Grupo de Pesquisa “Formação de Professores de LE, cadastrado no CNPq. Este livro divide-se em duas partes: 1. Formação de Professores de Língua Inglesa e 2. Formação de Professores em Língua Espanhola. A primeira seção é constituída por sete estudos, sendo cinco deles com foco nos estágios supervisionados e dois, nas práticas de sala de aula de língua inglesa com implicações para a formação de professores. A segunda seção é dedicada à formação de professores de língua espanhola, traz quatro capítulos que examinam questões inovadoras para a prática de sala de aula com implicações importantes para a formação docente: o uso da tecnologia; a presença do lúdico e do literário de professores de LE e o uso das artes no ensino-aprendizagem de Espanhol-LE. Em suma, esta coletânea reflete questionamentos bastante atuais da área de formação docente e é bastante interessante por trazer práticas locais e situadas, tendo por cenário a educação no Estado da Paraíba.


O conto e o romance contemporâneos na perspectiva das literaturas pós-autônomas – Série Literatura & Interculturalidade
Organização: Antonio de Pádua Dias da Silva
ISBN: 978-85-7879-310-4
Ano de Publicação: 2016

O livro que o leitor tem em mãos é resultado de longas e acaloradas discussões durante as aulas da disciplina Tópicos Especiais em Teoria Literária, no Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade e das reflexões sobre o mesmo tema na disciplina Teoria da Literatura II, em que se trabalha a teoria da narrativa, no curso de Letras. Foram muitos momentos de intensa briga teórica, contemplando, nos problemas apresentados, ideias que defendiam desde o conceito de literatura restrita apenas à modalidade escrita de sua expressão e manifestada para o público leitor apenas no modelo livro impresso, até as visadas mais atuais sobre os outros suportes, que comportam o que chamamos de literatura, como a web (blogs, facebook, sites), o vídeo (vídeo poesia), a voz (literatura oral), as interfaces entre literatura e pintura, literatura e música, literatura e cinema, literatura e sociedade, literatura e afetos, literatura e vida.


O Curso de Serviço Social da UEPB
Elementos para uma análise histórica e teórico-metodológica
Organização: Adriana Freire Pereira Férriz, Lúcia Maria Patriota e Sandra Amália Sampaio Silveira
ISBN: 978-85-7879-224-4
Ano de Publicação: 2014

A coletânea intitulada O CURSO DE SERVIÇO SOCIAL DA UEPB: elementos para uma análise histórica e teórico-metodológica é fruto do esforço intelectual coletivo empreendido por docentes pesquisadores do Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que, comprometidos com a historicidade e o debate crítico da formação profissional, torna público esta obra como legado deste Curso que já completou mais de meio século de história no município de Campina Grande – Paraíba.


Nova leitura Crítica de Jorge Amado
Organização: Sudha Swarnakar, Edilane Figueiredo Lopes e Patrícia Gomes Germano
ISBN: 978-85-7811-178-0
Ano de Publicação: 2014

Amado é o escritor brasileiro mais traduzido e a figura literária que moldou a recepção da literatura brasileira no mundo. Por um lado, ele é o escritor mais popular do Brasil dentro e fora do Brasil, mas por outro lado ele também é o escritor brasileiro mais polêmico. Portanto, sua recepção é mista. Para alguns ele é uma fonte fascinante de informações sobre a sociedade brasileira, um embaixador da cultura brasileira, mas para outros ele é um populista com a agenda política, um escritor cujo texto apresenta abundância do sexual e sensual como ele retrata mulher. Seja qual for a posição, não se pode negar que, antes de Clarice Lispector, ele foi o único escritor brasileiro que era conhecido e discutido nos meios acadêmicos fora do Brasil. Seus livros são lidos por pessoas de mais de cinquenta países.


O Direito à Água como Política Pública na América Latina – uma exploração teórica e empírica
Editores: José Esteban Castro, Léo Heller e Maria da Piedade Morais
ISBN: 978-85-7811-238-7
Ano de Publicação: 2015

Após várias décadas de debate internacional, em julho de 2010 as Nações Unidas finalmente decidiram por votação reconhecer formalmente a existência do direito humano à água. Por um longo tempo, muitos países obstaculizaram a aprovação da existência de tal direito nas Nações Unidas e, ao tempo da decisão final tomada em 2010, 41 países abstiveram-se de votar. Vários países da América Latina, notadamente a Bolívia, o Equador e o Uruguai, tiveram uma atuação destacada na promoção e na aprovação final do direito humano à água. A falta de acordo em nível internacional sobre a matéria tem raízes diversas e profundas – entre outras questões, por existirem paradigmas rivais e até incompatíveis em relação ao status que caberia atribuir à gestão da água e dos bens e serviços baseados neste recurso. Deve a água ser considerada um bem comum ou um bem privado, mercantilizável? Devem os serviços básicos de saneamento ser tratados como um bem público ou como bem privatizável? Estas e outras questões carecem de respostas, as quais possam satisfazer os diferentes atores sociais que participam dos debates relevantes sobre o tema, e em torno das quais persistem profundas diferenças e antagonismos cuja resolução não parece estar próxima.


O Ensino de Literatura hoje – Da crise do conceito à noção de escritas – Coleção Ensino & Aprendizagem
Autoria: Antonio de Pádua Dias da Silva
ISBN: 978-85-7879-229-5
Ano de Publicação: 2016

A crise de leitura instaurada no Brasil, há décadas, tem traduzido para famílias, professores, profissionais da área, escola, governos e instituições que avaliam os níveis de satisfação e progresso escolares uma sensação de impotência diante de vários quesitos que são postos como possíveis de serem avaliados junto ao descrédito e resistência ou não funcionamento da leitura em sala de aula. Mudanças na valorização e preparação de professores, em pesquisas que promovem outros modos de conduzir as mediações leitoras, interface família e escola, compartilhamento de problemas e buscas coletivas de soluções são as “ferramentas” ou dispositivos utilizados na intenção de melhorar os níveis de leitura dos estudantes brasileiros da Educação Básica. O último resultado do PISA (Programme for International Student Assessment, 2012), no Brasil, revela que metade do estudante do Ensino Médio foi avaliado no nível 2 (em uma escala de 1 a 6) de leitura e escrita, fato gritante que torna esses sujeitos – aproximadamente vinte e cinco milhões de jovens – analfabetos funcionais, meros decodificadores de textos.


O monitoramento eletrônico de presos e a paz social no contexto urbano
Autoria:
ISBN: 978-85-7879-351-7
Ano de Publicação: 2017

Nos idos de 2007, o Monitoramento Eletrônico de Presos foi apresentado ao País, como possibilidade tática de esperança para o sistema prisional. A partir de então, aportaram no Congresso Nacional, Projetos de Lei, visando implementação-lo em nosso meio. Na ocasião, o sistema prisional já ultrapassava a casa dos 400 mil presos, e o monitoramento fora apontado como uma alternativa à prisão, diminuindo os seus gastos, reduzindo os efeitos deletérios do cárcere, e como possibilidade de controle daqueles que entravam no gozo de uma semiliberdade. Imbuídos de tais ideias, e tentando aliar teoria à prática, conjugando as experiências de magistrado na área criminal e da docência, desenvolvemos um projeto de pesquisa no curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba, Campus Guarabira, com o objetivo de fomentar meios que viabilizassem a vigilância eletrônica de presos. Destarte, apresentamos ao Brasil, a primeira tornozeleira eletrônica do País. Devido à ampla repercussão, o Projeto Liberdade Vigiada, Sociedade Protegida, foi apresentado em 22 outras unidades da Federação e por três vezes, ao Congresso Nacional. Virando lei, devido ao aproveitamento dos conceitos e ideias, pela Comissão de Reforma do Código de Processo Penal. Hoje, é uma realidade, transformando-se em um instituto jurídico no nosso ordenamento. É verdade, que longe de ser a solução definitiva para o sistema prisional, que já nasceu falido, é uma alternativa inteligente e alinhada com os novos tempos, que merecer ser implementada.


O que o trabalho provoca? – Estudos sobre as repercussões do trabalho na saúde dos trabalhadores
Organização: Silvania da Cruz Barbosa e Thaís Augusta Cunha de Oliveira Máximo
ISBN: 978-85-7879-314-2
Ano de Publicação: 2016

As transformações que vêm ocorrendo no mundo do trabalho, desde o final do século XX, trouxeram consigo novas formas de organização do trabalho, reestruturações nas empresas, desemprego, diminuição dos empregos formais, aumento da precarização nos vínculos contratuais, instabilidade, insegurança e a solicitação de um novo perfil de trabalhador – autônomo, criativo, empreendedor, flexível e multifuncional.


Para além da Pedra e Cal: Discursos e imagens de Campina Grande (1970 a 2000)
Organização: Maria Jackeline Feitosa Carvalho
ISBN: 978-85-7879-453-8
Ano de Publicação: 2017

Esse livro trata da cidade e do urbano ao refletir sobre as estruturas e instituições sociais que conformam, reproduzem e representam sociedade e território, objeto singular que obriga o cientista social a trabalhar com ferramentas e táticas específicas, mas também a lidar com relações precárias, instáveis, com a produção infinita de centralidades, muitas vezes, invisíveis, interações e situações sociais esporádicas, embora, por vezes, intensas, e um conjunto escassamente coeso de componentes grupais e individuais. A cidade dotada de vida e de espírito, lugar do cotidiano e campo representacional no qual se projetam os princípios identitários que supostamente deveriam sustentar pactos sociais e interesses incompatíveis, por vezes, hostis e indiferentes.


Pequenos Ensaios sobre Grandes Filósofos – Coleção Pequenos Ensaios sobre Grandes Filósofos
Organização: Maria Simone Marinho Nogueira e Reginaldo Oliveira Silva
ISBN: 978-85-7879-402-6
Ano de Publicação: 2017

Em sendo uma das mais grandiosas inventividades humanas, a filosofia nos concerne e constitui o nosso sentido de humanidade. Concerne e constitui a nós que a ela nos dedicamos; concerne e constitui a todos, quando das questões do cotidiano surgem as perguntas essenciais. Considerada na sua história e nos seus diferentes sistemas e pensadores, o percurso da filosofia, dos gregos até os dias atuais, repousa nas idas e vindas em defesa de um discurso a princípio estranho ou pouco crível, cuja riqueza não somente dá o que pensar como também pode despertar interesses diversos, tanto acadêmicos quanto de ocupação do tempo livre.


Pesquisa em Arquivologia – Fronteiras e perspectivas epistemológicas – Coleção Diálogos Arquivísticos
Organização: Eliete Correia dos Santos
ISBN: 978-85-7879-458-3
Ano de Publicação: 2017

Vivemos sob a égide da inter/trans/multidisciplinaridade, momento histórico no campo da epistemologia em que cada vez mais se faz necessária a interlocução entre os saberes produzidos nas diferentes e diversas esferas de construção do conhecimento. No campo das ciências humanas e sociais (e sociais aplicadas), por exemplo, tem-se assistido com certa regularidade à ruptura das fronteiras e a expansão dos diálogos entre as disciplinas científicas desses campos, respeitando-se as especificidades de cada uma das áreas, mas também se promovendo um aprofundamento das reflexões teórico-metodológicas acerca dos multifacetados objetos de estudo postos em interação.


Plantas Medicinais e Hortaliças
Autoria: Clésia Oliveira Pachú, Jessica Sousa Freitas, Elaine da Silva Gomes, Ana Paula Santino Fialho, Géssica Cruz Galvão, Irys Raphaella Gomes Ricarte e Ricardo Belo
ISBN: 978-85-7879-452-1
Ano de Publicação: 2017

Na condução da efetividade de políticas em instituições públicas visando garantir o engajamento da comunidade no atendimento das demandas da educação e atenção à saúde, o Núcleo de Educação e Atenção em Saúde (NEAS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) apresenta a cartilha Plantas Medicinais e Hortaliças. A implantação de hortas em instituições de ensino e de saúde envolve justificativas de natureza política, técnica, econômica, social e cultural. Esta intervenção atende a demanda de estimular o estudante na construção de unidade de ensino acolhedora e participação das unidades de saúde no conhecimento, apoio e incorporação de problemas da comunidade assistida.


Práticas Geográficas – Experiências de pesquisa e ensino de Geografia no Estado da Paraíba
Autoria: Rafael Albuquerque Xavier, Lediam Rodrigues Lopes Ramos Reinaldo e João Damasceno
ISBN: 978-85-7879-431-6
Ano de Publicação: 2017

O mundo atual está constantemente se transformando. Todos os dias são divulgados novidades que interferem no cotidiano das pessoas e, a escola é incumbida de acompanhar essas mudanças, de forma a seguir as transformações em curso na sociedade. Por outro lado, verifica-se que o ensino de Geografia em muitas escolas brasileiras ainda utiliza, quase que exclusivamente, o livro didático como único recurso. Dessa forma, a escola passa a ser um cenário de desafios para os docentes, que necessitam adequar sua práxis, embora as condições de trabalho e/ou a falta de atualização profissional ainda procurem justificar os moldes tradicionais de ensino.


31 min – Programa de Comunicação Social da TV/UEPB
Organização: Hipólito Lucena, Luciano Nascimento Silva e Cecy Macêdo
ISBN: 978-85-7879-460-6
Ano de Publicação: 2017

O Programa 31 Minutos é uma realização da TV UEPB, ligada à Coordenadoria de Comunicação Institucional da Universidade Estadual da Paraíba. A veiculação é feita através do Canal Rede UEPB, no site YouTube. Dividido em três blocos, o programa de entrevistas busca apresentar temas que colaborem com a discussão das problemáticas, vivências e ambiências sociais contemporâneas, incluindo atores da teoria e da prática, na construção de reflexões que contribuem com o pensar do mundo atual e com a construção da cidadania.


Reflexões sobre o ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras
Organização: Daniela Gomes de Araújo Nóbrea e Karyne Soares Duarte Silveira
ISBN: 978-85-7879-317-3
Ano de Publicação: 2016

Em tempos, da sociedade contemporânea, em que o individualismo está cada vez imperando em detrimento do trabalho coletivo e colaborativo, o grupo de pesquisa “Formação Docente em Línguas Estrangeiras” da UEPB/ CNPq mostra-se como um grupo coeso que busca estar sempre em sintonia nos momentos de estudo, pesquisa e também diante dos desafios que nos rodeiam. Apesar dos obstáculos encontrados, sabemos do nosso compromisso como professores formadores e é isso que não somente nos guia para olharmos a nossa profissão com esmero, mas também nos direciona para sabermos tomar decisões acertadas de quando e como organizar eventos acadêmicos.


Saúde Mental: saberes e fazeres
Organização: Thelma Maria Grisi Velôso e Maria do Carmo Eulálio
ISBN: 978-85-7879-303-6
Ano de Publicação: 2016

Esta coletânea, mais uma iniciativa do grupo de pesquisa “Psicologia da Saúde” (Departamento de Psicologia/UEPB), reúne textos de profissionais e pesquisadores que têm refletido sobre o tema saúde mental, numa perspectiva crítica e problematizadora, aliando-se, desse modo, ao Movimento dos Trabalhadores de Saúde Mental (MTSM) e contribuindo, por conseguinte, para o processo de consolidação da Reforma Psiquiátrica brasileira. Esta coletânea objetiva, portanto, contribuir para esse processo de reflexão e de construção de novos saberes e fazeres no âmbito da saúde mental.


SESA – Seminário de Saberes Arquivísticos – Interfaces do aprendizado na Universidade – Coleção Diálogos Arquívisticos
Organização: Eliete Correia dos Santos, Josemar Henrique de Melo e Claudialyne da Silva Araújo
ISBN: 978-85-7879-456-9
Ano de Publicação: 2017

O objetivo principal dessa obra é divulgar as produções de alunos do projeto SESA e estimular a escrita de gêneros acadêmicos que circulam em diversas áreas do conhecimento. Esse projeto tem caráter interdisciplinar, reflete o ponto de vista dos diversos estudantes/escritores e já possui outras publicações que abordam os gêneros discursivos. Os gêneros acadêmicos, atualmente, estão muito difundidos e estudados em diversas instituições espalhadas pelo mundo a fora. Eles ganharam reconhecimento e foram bastante divulgados com a publicação da tese defendida pela professora Eliete Correia dos Santos, em 2013.


Técnicas de Microbiologia Sanitária e Ambiental
Autoria: Beatriz Susana Ovruski de Ceballos e Célia Regina Diniz
ISBN: 978-85-7879-286-2
Ano de Publicação: 2017

A ideia de elaborar este manual surgiu muitos anos atrás, frente à necessidade de disponibilizar um texto de consulta simplificado e ilustrado para os alunos universitários das disciplinas de Microbiologia Ambiental e de Microbiologia Sanitária e Ambiental, sobre os fundamentos e as técnicas de identificação e quantificação de microrganismos indicadores de contaminação fecal e enteropatogênicos relacionados com água, esgotos domésticos e lodos de esgotos, entre outras matrizes ambientais. Reforçamos a ideia ao verificar, durante pesquisas em municípios do interior do Estado, que seria também bem recebido nos laboratórios regionais que trabalham com água.


Tensão entre Justiça Ambiental e Justiça Social na América Latina: o caso da gestão da água
Organização: José Esteban Castro, Luis Henrique Cunha, Marcionila Fernandes e Cidoval Morais de Sousa
ISBN: 978-85-7879-355-5
Ano de Publicação: 2017

Os impactos socioambientais passaram a ocupar um lugar de destaque na emergência de graves conflitos sociais na América Latina, fazendo surgir movimentos sociais que deram sustentação às lutas populares e revelando tensões e contradições resultantes das políticas macroeconômicas e de desenvolvimento. Uma análise destes processos parece confirmar a existência de um aparente paradoxo nos projetos de transformação social liderados por setores progressistas das sociedades latinoamericanas durante as últimas duas décadas: o príncipio de que os avanços no plano da justiça social devem ter prioridade sobre as questões de justiça ambiental.


Tem alguma pessoa com deficiência na sua família?
Organização: Silvana Santos e Fernando Kok
ISBN: 978-85-7879-261-9
Ano de Publicação: 2015

Este livro de certa forma foi fruto de um encontro casual. Há mais de dez anos, encontramos em São Paulo uma família emigrante da pequena e bela cidade de Martins no Rio Grande do Norte, na qual havia vários casos de deficiência física até então desconhecida pela comunidade médica. Em 2005, esta deficiência foi descrita pela primeira vez e recebeu o nome de Síndrome Spoan e, naquela época, foram identificados 26 indivíduos com essa mesma deficiência, todos aparentados entre si. Desde então, temos trabalhado com profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família, especialmente os agentes comunitários de saúde, de vários municípios do Nordeste brasileiro para identificar novos casos. Graças a esse esforço coletivo, foram encontrados mais de 80 casos de indivíduos com a Síndrome Spoan na região do sertão dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, e outras três novas doenças genéticas foram descritas pela primeira vez na literatura.


Trabalho e Trabalhadores no Nordeste – Análises e perspectivas de pesquisas históricas em Alagoas, Pernambuco e Paraíba
Organização: Tiago Bernardon de Oliveira
ISBN: 978-85-7879-289-3
Ano de Publicação: 2015

A história social do trabalho se constituiu como um dos campos mais consolidados da historiografi a brasileira, com fortes repercussões internacionais. Desde o final da década de 1970, a história do trabalho e dos trabalhadores passou a ser uma das principais questões a serem tratadas por historiadores do Brasil, especialmente em meio à efervescência política e social do ocaso da ditadura e às expectativas em torno das possibilidades de ‘redemocratizar’ do país. Naquele contexto e nas décadas seguintes, historiadores, assim como outros cientistas sociais, de um modo ou de outro, buscavam contribuir com os debates relacionados a impasses e a dilemas de ação e organização que os trabalhadores encontravam naquele presente, com vistas à construção de um futuro novo, autônomo em relação às outras classes sociais


Transmutações no Jornalismo
Organização: Fernando Firmino da Silva
ISBN: 978-85-7879-311-1
Ano de Publicação: 2016

A pesquisa no campo do jornalismo tem se deparado com novas questões teóricas e novos fenômenos empíricos em decorrência do contexto sociotécnico contemporâneo com mudanças estruturais e, em alguns casos, paradigmáticos. A multiplicação das plataformas de produção, circulação e consumo de notícias – a exemplo de smartphones, tablets e smartwatch – é um dos aspectos a considerar na conjuntura tendo em vista a proliferação desses dispositivos móveis conectados e das redes digitais.


UAMA – Oito Anos de Educação Inclusiva e Transformadora
Autoria: Rozeane Albuquerque Lima, Manoel Freire de Oliveira Neto e Hilmaria Xavier Silva
ISBN: 978-85-7879-448-4
Ano de Publicação: 2017

Já cantava Raul Seixas, em Prelúdio: “um sonho que se sonha só é apenas um sonho, mas um sonho que se sonha junto é realidade”. Essas palavras sintetizam parte do espírito da Universidade Aberta à Maturidade (UAMA), implantada na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em 2009, graças a um sonho compartilhado pelo professor Manoel Freire de Oliveira Neto (Mano) com a Instituição e que logo se tornou uma das mais belas ações sociais da Universidade, promovendo uma verdadeira transformação na vida de centenas de idosos que, apesar das décadas vividas, não perderam o entusiasmo em aprender além do que a vida já lhes ensinou


Um Convite à Utopia
Organização: Cidoval Morais de Sousa
ISBN: 978-85-7879-321-0
Ano de Publicação: 2016

A coleção Um Convite à Utopia insere-se no contexto das comemorações dos 500 anos do lançamento do livro A Utopia (1516), de Thomas Morus. Trata-se de projeto editorial de natureza pública e coletiva, capitaneado pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB), com apoio da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU) e uma série de instituições acadêmicas, científicas e culturais nacionais e estrangeiras. Pretende-se, de um lado, resgatar obras/textos que marcaram a construção da utopia como um projeto de contraposição a um mundo injusto e desigual; e, de outro, estimular a atualização da utopia, a partir de construções inéditas e provocadoras, articuladas em uma rede de esperanças.


SEMEX – IV Seminário de Extensão
Extensão Universitária e Pós-pandemia: Socialização de experiências para um novo fazer extensionista
Organização: José Pereira da Silva e Maria do Socorro Barbosa e Silva
ISBN: 978-65-87171-22-7

A Pandemia da COVID-19 impôs à humanidade desafios que nos levou a refazer conceitos, condutas e valores e tudo isso potencializou as possibilidades da existência humana. Dessa forma, todos os setores da sociedade foram obrigados a se reinventar e criar alternativas para o enfrentamento à doença e apresentar respostas para garantia da vida.
Olhando mais detidamente para a realidade brasileira, visualizamos problemas no enfrentamento à pandemia decorrentes da má gestão por parte dos governantes nas esferas municipal, estadual e federal. Como esperança neste cenário, a ciência se impõe como parte da estratégia necessária para minorar os efeitos da COVID-19, em nosso país.